Romário ataca novamente. Agora, os jornalistas Márcio Guedes e Juca Kfouri são os alvos da vez

O político Romário anda de mal com os profissionais ligados ao esporte. Primeiro, o ex-jogador e que andou brincando de comentarista na Record atacou o técnico Mano Menezes pela perda do ouro olímpico. Agora, resolveu voltar-se contra jornalistas. No caso, Márcio Guedes e Juca Kfouri, integrantes da mesa redonda "Linha de Passe", do canal fechado ESPN Brasil.
 

 "Meu caro Juca kfouri, presenciei ontem suas palavras no programa do qual você faz parte e ouvi exatamente tudo aquilo que foi dito por você, que é uma pessoa muito competente, profissional, capaz e que tenho um respeito muito grande. Há uma diferença muito grande de você achar que eu não fiz mil gols e de eu realmente não ter feito. Todos os meus gols são catalogados e provados por meio de imagens, súmulas e depoimentos por meio de pessoas q jogaram comigo, treinadores, alguns diretores e adversários. Pra não ser muito prolixo, respeito a tua opinião, mas ela pra mim não serve de nada. Eu fiz os mil gols e não vai ser a sua opinião que vai mudar isso. Com todo respeito que eu tenho a você", escreveu o deputado federal na rede social Twitter.  

"Em relação ao seu colega de programa Márcio Guedes, este já é uma pessoa sem credibilidade, sempre foi e continuará sendo, porque na verdade é um maria vai com as outras, um em cima do muro que não tem personalidade e olha que sou de respeitar opiniões, mas essa sua, discordo 100%. To escrevendo isso depois de ter ligado pra você essa manhã. Como você tem seu espaço e na minha opinião falou o que não deveria, eu tenho o meu, e falo o que eu devo. Um abraço, bom dia!", acrescentou em nova sequência de mensagens no microblog.

A reação de Romário se deveu a comentários dos debatedores do programa da ESPN Brasil sobre atletas brasileiros em busca da marca de mil gols na carreira. Juca chegou a dizer em dado momento no debate da mesa redonda que só Pelé havia realmente marcado mais de mil gols como profissional. Isso porque, na conta do baixinho, ele considera gols feitos quando ainda nem jogava no time de cima do Vasco. Márcio, por sua vez, botafoguense doente que é, chegou a comparar a tentativa de Túlio Maravilha na busca pela marca de mil gols, bem na linha "se Romário pode, Túlio também tem esse direito", embora, como o próprio Romário diz, ele tem uma lista devidamente documentada com seus mil gols, o que não ocorre com o centroavante botafoguense, argumento usado no programa pelo colega Paulo Vinicius Coelho, o PVC, para diferenciar Romário de Túlio. http://br.esportes.yahoo.com/blogs/tv-esporte/rom%C3%A1rio-ataca-novamente-agora-os-jornalistas-m%C3%A1rcio-guedes-135318833.html

Comentários