FUTEBOL AO VIVO

terça-feira, 13 de dezembro de 2011

Ranking de dívidas dos clubes brasileiros

Matéria Atualizada em 25/06/2013

Abaixo, o ranking completo do endividamento dos clubes brasileiros

A BDO Brazil, empresa de auditoria e consultoria financeira, divulgou um estudo que mostra a dívida total dos principais clubes de futebol do Brasil. O montante de R$ 4,03 bilhões aumentou para R$ 4,723 bilhões entre 2011 e 2012, o que representa uma variação de 11%. A pesquisa incluiu 20 clubes da Série A e três da Série B do Brasileiro.

As cinco maiores dívidas são de Flamengo (R$ 741 milhões), Botafogo (R$ 613,8 milhões), Fluminense (R$ 434,9 milhões), Atlético (R$ 414,5 milhões) e Vasco (R$ 410 milhões). Dos clubes considerados grandes, o Cruzeiro é o dono da menor dívida, com R$ 143 milhões. O Atlético Paranaense, por sua vez, está com a situação financeira tranquila e não aparece na lista de endividados.

A dívida com maior crescimento entre 2011 e 2012 pertence ao Flamengo, que saltou de R$ 355,5 mi para R$ 741,7 mi e cravou uma variação de 109%. O Criciúma também teve o montante aumentado de R$ 6,7 mi para R$ 10,4 mi, o que representa cerca de 55%.

Apesar de ter aumentado R$ 46 milhões em valores reais, a dívida do Atlético cresceu apenas 13% de 2011 para 2012. Já o endividamento do Cruzeiro variou em 19%, mas os números absolutos são de apenas R$ 22,7 milhões.

Total - 4,723 bilhões de reais

1º) Flamengo - R$ 741 milhões
2º) Botafogo - R$ 613,8 milhões
3º) Fluminense - R$ 434,9 milhões
4º) Atlético - R$ 414,5 milhões
5º) Vasco - R$ 410 milhões
6º) Palmeiras - R$ 287,2 milhões
7º) Internacional - R$ 214 milhões
8º) São Paulo - R$ 199,7 milhões
9º) Santos - 194,4 milhões
10º) Grêmio - 187,2 milhões
11º) Corinthians - R$ 177,1 milhões
12º) Cruzeiro - 143 milhões13º) Ponte Preta - R$ 138 milhões
14º) Portuguesa - R$ 135,4 milhões
15º) Coritiba - 112,8 milhões
16º) Goiás - 80,9 milhões
17º) Náutico - 66,2 milhões
18º) Bahia - 61,2 milhões
19º Avaí - 40,2 milhões
20º) Figueirense - 35,6 milhões
21º) Vitória - 15,6 milhões
22º) Criciúma - 10,4 milhões
23º) Atlético-PR - 0,0 milhões


http://www.mg.superesportes.com.br/app/noticias/futebol/atletico-mg/1,9,1,168/2013/06/24/noticia_futebol_nacional,254694/estudo-aponta-divida-total-de-clubes-brasileiros-superior-a-r-4-7-bilhoes.shtml


------------------------------------------------------


Matéria do dia 13/12/2011

O torcedor atleticano é o terceiro no ranking dos mais “endividados” do Brasil. É o que aponta uma pesquisa da Pluri Consultoria, empresa de Curitiba (PR) especializada em pesquisa e análise de tendências de mercado, com foco em economia, gestão e marketing. Com base nos balanços mais recentes publicados pelos 20 clubes de maior torcida, a Pluri apurou a dívida “per capita” de cada um.

Caso resolvessem colocar a mão no bolso para ajudar a diretoria atleticana a quitar a dívida estimada em R$ 528 milhões, cada um dos 5 milhões de atleticanos – total apurado por pesquisas nacionais Lance/Ibope, Lupi & Associados e Datafolha – teria que desembolsar R$ 105,60. Em caso de uma união de forças para salvar as finanças dos clubes, apenas os torcedores de Botafogo e Fluminense teriam que gastar mais que os atleticanos. Os alvinegros cariocas precisam disponibilizar R$ 122 cada um e os do Tricolor R$ 118,80.

Rivais históricos dos atleticanos, os 6,8 milhões de cruzeirenses entrariam com apenas R$ 16,50 cada um para ajudar o time da Toca da Raposa a quitar os R$ 112 milhões de dívida. Na mesma linha, o torcedor mineiro é o segundo mais endividado do país, com R$ 54,20 de “dívida per capita”, perdendo apenas para os goianos, com R$ 67.

O estudo da Pluri aponta os R$ 528 milhões devidos pelo Atlético como a maior dívida do futebol nacional, seguido de Botafogo, com R$ 378 milhões, e Vasco, com R$ 373 milhões. A três dias de mais uma eleição presidencial, a diretoria atleticana não reconhece este valor. O ex-presidente do Conselho Fiscal do clube e agora candidato a vice-presidente na chapa de oposição de Irmar Ferreira aponta o montante em torno de R$ 350 mil.

“É fato que vários clubes brasileiros possuem dívidas elevadas em relação às suas receitas, mas creio que o problema maior seja a baixa capacidade de gerar receitas junto ao seu público, prova de ineficiência em sua gestão comercial e de marketing. Melhorando a performance neste aspecto, na maioria dos casos os níveis de endividamento são plenamente administráveis”, diz Fernando Pinto Ferreira, especialista da Pluri e autor do estudo.

Apesar da situação financeira complicada, mesmo com a renovação de contrato de Triguinho em mais um ano, a diretoria do Galo pretende buscar mais um jogador para a posição. O primeiro reforço para a próxima temporada deve ser um lateral-esquerdo. O preferido é Kléber, que disputou o Campeonato Brasileiro pelo Internacional e possui algumas passagens pela Seleção Brasileira.

O lateral não vai ficar no Colorado, e o empresário do jogador, Delcir Sonda, dono do grupo de investimento DIS, que detém 100% dos direitos econômicos de Kléber, já confirmou que houve uma sondagem do clube mineiro.

A negociação, porém, não é fácil, e existem outros times do Brasil interessados. Um deles é o Palmeiras, que teria inclusive a preferência, mas a tendência é que o Verdão desista da contratação, já que o time paulista confirmou que o lateral-esquerdo Juninho, que estava no Figueirense, vai defender a equipe em 2012. Kléber teria sido uma indicação de Cuca, que já dirigiu o atleta no Santos.

O que pode facilitar a transferência para o Atlético seria uma negociação envolvendo o volante Richarlyson, jogador que o técnico Dorival Júnior, do Inter, gostaria de ter no elenco no ano que vem.

E o atacante Nikão, que estava no Bahia, deve mesmo se reapresentar ao clube mineiro no dia 9 de janeiro. Com a camisa do Vitória no início do ano, Nikão foi o vice-artilheiro do Estadual, com nove gols. No meio de 2011, ele foi liberado para o Bahia, mas só teve oportunidades na reta final, com Joel Santana.

Enquanto isso, o nome do zagueiro Réver, com contrato com o Galo até 2014, surge forte em São Januário. A diretoria do Vasco gostaria de ter uma defesa no ano que vem formada por Dedé e Réver, titulares da Seleção Brasileira nos dois Superclássicos das Américas, contra a Argentina.

http://www.hojeemdia.com.br/esportes/estudo-aponta-galo-como-terceiro-em-divida-per-capita-no-brasil-1.380970

0 comentários:

Postar um comentário

Obrigada pelo seu comentário!

LinkWithin

Related Posts Plugin for WordPress, Blogger...